folclore, credito Renato - A Casa Nômade

11 manifestações folclóricas de Minas Gerais

O conceito de folclore é um conjunto de crenças, lendas, festas, superstições, artes, costumes e tradições de um povo. A palavra tem sua origem na língua inglesa com as junções de “folk” que significa povo e “lore” que é sabedoria.

O Brasil possui muitas festas folclóricas, que marcam as características e a riqueza do povo e das regiões. Diferente da história, que aborda acontecimentos passados, o folclore estuda fatos tradicionais do presente.

Confira algumas celebrações folclóricas que acontecem em Minas Gerais e conheça um pouquinho mais da nossa história, que passa de geração para geração.

 

Quer ter as melhores experiências em suas viagens por Minas? 

Clique aqui e compre nosso Guia exclusivo!

 

1 – Carnaval

O carnaval é uma festa popular que surgiu ainda na Antiguidade com o intuito de celebrar os deuses pagãos e a natureza. Foi reconhecida pela igreja e incluída no calendário cristão depois de muitos séculos, e hoje é comemorada no mundo inteiro. Em Minas Gerais existem muitas opções de carnavais de rua, desfile de blocos e também de escolas de samba.

 

2 – Cavalhada

Na cidade de Bonfim, há quase 180 anos uma batalha se repete no carnaval. Mas, no lugar das armas, os “guerreiros” usam confete e serpentina. Os cavalos recebem enfeites e possuem figurino especial para o evento. A tradicional Cavalhada acontece todos os anos e a tradição passa de pai para filho. A festa relembra os torneios medievais, a guerra entre mouros e cristãos na Península Ibérica.

 

3 – Congado

O Congado tem a sua origem com a lenda do Chico-Rei. Não há documentos que comprovem a existência do Rei do Congo. Entretanto, conta-se que Chico era rei de uma tribo no reino do Congo e que foi trazido para o Brasil junto com mais 400 negros para serem escravizados. Foi vendido no país e trabalhando como escravo conquistou sua alforria e comprou a mina Encardideira. Aos poucos, foi comprando a alforria de seus compatriotas. Ele era considerado ‘rei’ pelos outros escravos. O Congado é uma celebração de influência afro-brasileira que envolve danças, cantos, levantamentos de mastros, coroações e cavalgadas, expressos na festa do Rosário no mês de outubro.

 

4 – Encomendação das Almas

Algumas cidades do estado mantêm a tradição da encomendação das almas. O cortejo é realizado há mais de 200 anos em São João Del-Rei no período da Quaresma e os fiéis caminham pelas ruas da cidade, de madrugada, entoando cantos em latim e rezando pelos falecidos. Além de serem acompanhados pela temidas batidas da matraca. Reza a lenda que ninguém pode olhar pra trás, pois corre o risco de ver alguma alma.

 

5 – Festa do Divino

A Festa do Divino é realizada em várias cidades do estado e consiste na celebração do futuro, diferentemente de outras manifestações, que comemoram fatos históricos ou passados marcantes de um povo ou nação. Esta festa profética celebra o Divino Espírito Santo e acontece sete semanas após o Domingo de Páscoa, no dia de Pentecostes.

 

LEIA TAMBÉM – 5 cidades mineiras para você desfrutar o turismo de bem-estar

 

6 – Festa do Rosário

A Festa do Rosário de Nossa Senhora está ligada a grupos negros no Brasil, que realizam os autos populares conhecidos pelos nomes de congada, congado ou congos. Por essa vinculação aos negros, o congado se tornou também uma festa de santos negros, como São Benedito e Santa Efigênia.

 

7 – Festa Junina

As tradicionais festas juninas agitam o meio do ano nas terras mineiras e os quitutes deliciosos fazem a alegria do povo. Sua origem está relacionada aos três santos do período, Santo Antônio, São João e São Pedro. Quadrilha, quentão, beijo quente e correio elegante são alguns dos elementos típicos da festa.

 

8 – Folia de Reis

Em 2017 este festejo foi tombado como Patrimônio Imaterial de Minas Gerais. A Folia de Reis é uma manifestação cultural celebrada por católicos no dia 6 de janeiro. Esta data, na tradição cristã, marca o dia da visita dos três reis magos a Jesus Cristo. Para os devotos a chegada dos Reis Magos simboliza o fim dos festejos natalinos, por isso que nesta data as pessoas retiram os enfeites e desmontam as árvores de natal e os presépios.

 

9 – Lavadeiras

O Coral das Lavadeiras pode ser encontrado em alguns lugares do estado, como Ipoema, distrito de Itabira. São mulheres que se reúnem para cantar cantigas aprendidas na beira dos rios, além de modinhas, sambas de roda e batuque.

 

10 – Pastorinhas

A tradição das pastorinhas é mantida no estado, principalmente na região mais ao norte. Mulheres vestidas de aventais e lenços na cabeça se encontram para a visita ao Menino Jesus na época do seu nascimento.

 

11 – Reinado

A Festa do Reinado de Nossa Senhora do Rosário é uma festa folclórica rica em cores, movimentos e ritmos. Também de influência afro-brasileira, remete a devoção aos santos negros e ao respeito pela diversidade, além da matriz africana de nossas raízes.

 

LEIA TAMBÉM – O que fazer em Santana dos Montes

 

Você conhece outras festas folclóricas que acontecem em Minas Gerais? Conta pra gente nos comentários!

 

No novo GUIA DE VIAGEM MINAS GERAIS tem mais dicas sobre o estado. Clique aqui e receba em sua casa o único guia turístico do estado, com destinos imperdíveis, roteiros temáticos, dicas de blogueiros, receitas típicas, paradas nas estradas, dicionário de mineirês e mapas de Minas Gerais e da Estrada Real! 

cta_finalpost_passeios_venda
Postagens relacionadas
Memorial Minas Gerais Vale
Circuito Liberdade: saiba quais são as atrações imperdíveis
Passadiço da Glória, em Diamantina - crédito Marden Couto
12 experiências românticas para você viver em Minas Gerais
museu giramundo - credito Marden Couto
Pra onde viajar com crianças em Minas Gerais?
comida mineira - credito Marden Couto
12 comidas mineiras de dar água na boca
academia do cafe
10 cafeterias de Minas Gerais que você precisa conhecer

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web