Alfenas - credito Marden Couto

4 cidades mineiras para se viver depois de aposentar

A gente pode ser até suspeito para falar, mas que Minas Gerais é um estado maravilhoso, não tem como negar. A receptividade, a culinária, a qualidade de vida, são muitos os fatores que fazem com que o estado conquiste não só os corações dos que aqui nasceram como também daqueles que escolhem as terras mineiras para constituir família e construir sua história. 

Em uma recente pesquisa 4 cidades do estado apareceram na lista dos 50 melhores municípios para se envelhecer, de acordo com o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade, elaborado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). 

A avaliação considerou 63 indicadores agrupados em sete variáveis: cuidados de saúde, bem-estar, habitação, finanças, educação e trabalho, cultura e engajamento e indicadores gerais para alcançar esse índice. Confira quais cidades mineiras apareceram no ranking. 

 

Quer ter as melhores experiências em suas viagens por Minas? 

Clique aqui e compre nosso Guia exclusivo!

 

Lavras – 23ª colocada

A cidade conta com uma Universidade Federal que, todos os anos, forma centenas de estudantes de diversas áreas de atuação, fomentando o mercado de trabalho com mais mão de obra capacitada. As principais vertentes econômicas são os setores metalúrgico, agroindustrial e têxtil. Como o município possui um comércio bem ativo e diversificado é considerado polo regional.

 

Alfenas – 29ª colocada

No sul do estado mais uma cidade está entre as melhores ranqueadas. Alfenas possui uma Universidade Federal de qualidade, o que atrai uma grande população jovem para a região. A economia do município é fortemente voltada para agricultura comandada pela produção de café e pecuária. Além disso, a cidade possui um grande parque industrial, um dos maiores do sul de Minas.

 

Itajubá – 36ª colocada

A cidade está estrategicamente posicionada entre duas importantes estradas do país, a Rodovia Fernão Dias e Rodovia Presidente Dutra. Itajubá tem cerca de 100 mil habitantes e possui a agropecuária e a indústria, nas áreas de mecânica fina, eletromecânica e aeronáutica, como as principais atividades econômicas.

 

Nova Lima – 42ª colocada

Situada na região metropolitana de Belo Horizonte, Nova Lima também aparece no ranking. O alto índice de longevidade deve-se a boa qualidade de vida. A economia da cidade é movimentada pela mineração e pelo intenso comércio de cerveja artesanal, que vem ganhando cada vez mais espaço.

 

Você já visitou algumas destas cidades? Conta pra gente nos comentários!

cta_finalpost_passeios_venda
Postagens relacionadas
wals - credito Marden Couto
6 cervejarias artesanais em Minas Gerais que recebem visitas
camping veu da noiva
10 lugares para você acampar em Minas Gerais
comida mineira - credito Marden Couto
12 comidas mineiras de dar água na boca
hotel fazenda da chacara - credito Marden Couto
Os 30 melhores hotéis-fazenda de Minas Gerais
divulgação ouro minas palace hotel
5 hotéis para uma noite romântica em BH

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web