Jacqueline Ledo - credito Marden Couto

Bate-Papo – Caderno de Turismo do Jornal Estado de Minas – 28/2/17

Jacqueline Ledo, gerente de vendas da Copa Airlines

 

1 – A partir de março os voos da Copa serão diários entre Belo Horizonte e Panamá. Quais as expectativas da companhia e ações para manter a ocupação satisfatória?

Esperamos que o mineiro continue buscando nossos destinos para suas viagens e seguimos impulsionando a divulgação de nossas rotas, treinando os agentes parceiros e buscando novas oportunidades para incrementar o “público corporativo”, que agora terá a sua disposição ainda mais opções de conectividade e voos para cumprir seus compromissos.

 

2 – Em 2016 a Copa foi eleita pelo Official Airlines Guide (OAG) a segunda companhia aérea mais pontual do mundo e primeira da América Latina. Como avalia este reconhecimento?

O que temos de mais valioso é nosso tempo. Contratar os serviços de uma companhia sabendo que os horários serão cumpridos é mais que um grande diferencial e isso nos posiciona como uma companhia confiável e eficiente.

 

3 – A Copa anunciou recentemente a construção de um centro de manutenção no Panamá. Quando está prevista a abertura e quais as funcionalidades e vantagens deste espaço?

O centro de manutenção no Panamá entrará em funcionamento no segundo semestre de 2018 e com a edificação desse novo hangar a Copa Airlines visa fortalecer a liderança na região, ao mesmo tempo que melhora os serviços oferecidos. A grande vantagem do espaço é poder aproveitar de forma mais eficiente, as oportunidades que serão abertas devido à construção do novo Terminal do Aeroporto de Tocumen e a entrega das 67 aeronaves modelo Boeing 737MAX, que começam a chegar também em 2018. Teremos muito mais agilidade e autonomia nos processos de manutenção de nossa frota.

 

4 – Quais são os destinos mais procurados pelos mineiros e quais serão os destinos tendências que a Copa pretende trabalhar este ano?

Os destinos mais procurados seguem sendo Orlando, Cancun e Miami. Em 2017 queremos que o mineiro também conheça nossas facilidades em voar para as cidades de Boston, Las Vegas, New Orleans, Toronto e Montreal e tantos outros destinos especiais oferecidos pela Copa Airlines na América no Norte, América Central e Caribe.

 

5 – Quais os diferenciais para os passageiros que voam Copa Airlines?

Além de nossa reconhecida pontualidade, nosso cliente pode sair do aeroporto de Belo Horizonte, fazer sua conexão no Panamá, sem passar por alfândega ou imigração, e recolher sua bagagem somente em seu destino final. Temos também o programa de fidelidade ConnectMiles, lançado em meados de 2015, que traz para o nosso cliente uma série de benefícios.

 

6 – Quais os benefícios de ser uma companhia Star Alliance?

Fazemos parte da rede líder global em seu segmento, somos uma das 28 cias aéreas da aliança, servindo a 1.300 aeroportos, em 190 países, ou seja, oferecemos muito mais conectividade e comodidade aos nossos passageiros.

 

7 – Como a Copa encara a missão de unir às Américas?

A localização geográfica do Panamá aliada aos nossos rígidos processos operacionais e de qualidade, possibilita-nos conectar as Américas de maneira rápida e eficiente, fazendo da Copa Airlines um caso de sucesso em operações logísticas, e do aeroporto de Tocumen o mais importante centro de conexões da América Latina.

 

8 – Quais são os canais de distribuição da Copa e o percentual que cada um representa?  

Os canais diretos são o site copa.com, as lojas de vendas Copa Airlines e o call center, além dos parceiros do trade de turismo.

 

9 – Tem alguma ação prevista para os 10 anos em Minas, em 2018?

Como acabamos de iniciar as atividades desse ano, ainda não temos o planejamento para 2018. Ainda é cedo para posicionarmos alguma ação para o próximo ano, mas certamente a data receberá atenção especial da nossa equipe.

 

10 – A Copa patrocina o time do São Paulo Futebol Clube. Quais os benefícios? Seria viável desenvolver alguma ação com os times de Minas ou de algum outro destino que tenha operação?  

O acordo com SPFC inclui exposição nas redes sociais, publicidade, relacionamento e internacionalização das marcas, tanto na frota da companhia aérea como nas mídias sociais do clube e demais propriedades. Além disso, a marca Copa Airlines esteve muito mais presente na camisa do Tricolor Paulista na última temporada. Até o momento não houve a intenção de patrocinar outros clubes, mas seguimos atentos às oportunidades de mercado.

 

11 – A Copa possui hub na Cidade do Panamá, mas a maioria dos passageiros apenas fazem conexão no destino. Não seria interessante desenvolver o stopover free para que os passageiros conheçam o Panamá? 

O stop free já foi realizado em outros momentos e acreditamos que possa voltar a acontecer. Mas o mais importante é continuar desenvolvendo o Panamá como destino, não somente como conexão, em conjunto com a Autoridade de Turismo do Panamá, trabalho esse que já trouxe muitos frutos e que seguirá sendo desenvolvido.

 

PARA VER A EDIÇÃO COMPLETA, CLIQUE AQUI.

Postagens relacionadas
sampaio2_creditochritinabocayuva
Bate-Papo – Caderno de Turismo do Jornal Estado de Minas – 8/11/16
Paulo Rangel, do BH Airport; Antonoaldo Neves, da Azul Linhas Aéreas; Daniel Marques, da Secretaria de Turismo de MG e Jose Cafiero, do consulado da Argentina em BH (Fotos: Marden Couto/TM)
Desembarque – Caderno de Turismo do Jornal Estado de Minas – 14/2/17
autodromo de curvelo - credito duda bairros
Embarque – Caderno de Turismo do jornal Estado de Minas – 6/12/16
TGV Lyria - Interlaken - Rail Europe
EMBARQUE – CADERNO DE TURISMO DO JORNAL ESTADO DE MINAS – 4/4/17
promenade-credito-divulgacao
Embarque – Caderno de Turismo do Jornal Estado de Minas – 22/11/16

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web