Parte alta da Cachoeira Casca d’Anta, no Parque da Serra da Canastra – Foto: Marden Couto/Turismo de Minas

Top 7 cachoeiras em Minas Gerais para você visitar

Conhecido por seu mar de montanhas, o estado de Minas Gerais preserva muitas riquezas naturais, sendo o lar de parques ecológicos, espécies ameaçadas de extinção, rios e cachoeiras. E se o mineiro não tem praia por perto, o jeito é aproveitar as cachoeiras espalhadas por todo o estado! Selecionamos algumas das mais belas cachoeiras em Minas Gerais para você planejar a sua próxima viagem. Confira!

 

Quer ter as melhores experiências em suas viagens por Minas? 

Clique aqui e compre nosso Guia exclusivo!

 

Cachoeira do Tabuleiro — Conceição do Mato Dentro

A primeira cachoeira da lista é a mais alta de Minas Gerais e a terceira maior do Brasil. São 273 metros de queda d’água em uma vista de tirar o fôlego. A cachoeira forma um poço com cerca de vinte metros de profundidade, mas há partes mais rasas que são adequadas para banho.

A apenas 190 km da capital Belo Horizonte, a Cachoeira do Tabuleiro fica no Parque Estadual da Serra Geral do Intendente, no Tabuleiro, distrito de Conceição do Mato Dentro. A visitação pode ser feita pela parte alta ou pela parte baixa — pela parte baixa, a caminhada é de 3,5 km a partir da portaria do parque. Para visitar a parte alta, é preciso estar com o preparo físico em dia para encarar cerca de sete horas de caminhada (ida e volta). Funciona diariamente das 7h às 16h e a entrada custa R$ 10.

cachoeira tabuleiro - conceição do mato dentro - marden couto

Cachoeira do Tabuleiro, em Conceição do Mato Dentro – Foto: Marden Couto/TM

 

LEIA também matéria sobre o que fazer em Conceição do Mato Dentro, na Serra do Espinhaço

 

Cachoeira Casca D’Anta — Serra da Canastra

Considerada uma das principais atrações da Serra da Canastra, a cachoeira Casca D’Anta é uma das cinco maiores do Brasil e, com a sua majestosa queda livre de 186 metros de altura, atrai turistas de diversos lugares do país. Por ser uma queda d’água muito forte, o poço principal não é recomendado para banho. Mesmo assim, a Casca D’Anta é parada obrigatória para quem vai à Serra da Canastra!

O acesso é pela Portaria 4 do Parque Nacional Serra da Canastra, localizada em Vargem Bonita. O carro fica no estacionamento e a caminhada é curta, de apenas 1,7 km. Também há um acesso pela portaria 1, em São Roque de Minas, na parte alta do parque. Nesse caso, a trilha é íngreme e tem mais de 3 km de extensão. Funciona diariamente das 8h às 16h e a entrada custa R$ 9.

parque serra da canastra parte baixa cachoeira casca d'anta - crédito Marden Couto

Cachoeira Casca d’Anta, no Parque da Serra da Canastra – Foto: Marden Couto

 

LEIA também 7 destinos baratos para você viajar por Minas

 

Cachoeira da Zilda — Carrancas

A Cachoeira da Zilda é a principal atração do complexo que leva o mesmo nome, em Carrancas. É preciso atravessar um rio e percorrer uma trilha por 15 minutos para chegar à queda das águas, que formam um poço e uma prainha. No espaço há ainda outras cachoeiras e um escorregador natural de 10 metros. Curiosidade: a Rede Globo aproveitou a beleza da cachoeira como cenário da novela Império. A entrada custa R$ 3.

cachoeira da zilda, carrancas - credito marden couto

Cachoeira da Zilda, em Carrancas – Foto: Marden Couto/Turismo de Minas

 

LEIA também post sobre as cachoeiras de Carrancas

 

Cachoeira Alta — Ipoema 

A Cachoeira Alta tem uma queda d’água imponente, que despenca de nada menos do que 110 m de altura. Considerada uma das quedas d’água mais bonitas de Minas Gerais, a cachoeira Alta é muito procurada por banhistas e por praticantes de rapel. O acesso é fácil, a 95 km de Belo Horizonte. A cachoeira fica em propriedade particular, a 11km da cidade de Itabira, e a entrada custa R$10.

 

Cachoeira do Chuvisco — Santo Antônio do Rio Abaixo

A 170 km da capital mineira, a Cachoeira do Chuvisco é uma bela queda d’água que conta com uma passagem por dentro da queda, que possibilita ir de um lado ao outro da margem. A estrutura da cidade é simples e o acesso é fácil e sinalizado. A cachoeira fica a cerca de 7 km da cidade, um trajeto que pode ser feito de carro.

 

LEIA também – 10 lugares para você acampar em Minas Gerais

 

Cachoeira do Moinho – Milho Verde

A apenas 3 km de Milho Verde, distrito do Serro, está a Cachoeira Moinho, de 25 metros, que tem poços para banho. Mais à frente, duas quedas formam o Rio Jequitinhonha.

 

LEIA também: dicas de 6 cachoeiras perto de BH para você lavar a alma

 

Cachoeira Grande – Serra do Cipó

Apesar de não ser muito alta, com nove metros, a Cachoeira Grande arranca suspiros por sua extensão, de 50 metros. No complexo ainda tem as cachoeiras do Tomé, da Chica e Lajeado. O acesso é fácil e a quantidade de visitantes é limitada, por isso vale a pena visitar o local ainda pela manhã, principalmente entre dezembro e janeiro, quando a frequência é maior. Funciona diariamente das 8h às 17h e a entrada custa R$ 30.

cachoeira grande, serra do cipo - credito marden couto

Cachoeira Grande, na Serra do Cipó – Foto: Marden Couto

 

Essas são apenas algumas das muitas cachoeiras em Minas Gerais. Se você tem dicas de outras cachoeiras que valem a pena conhecer poste seu comentário ou envie uma e-mail pra gente no contato@turismodeminas.com.br. E não deixe de assinar nossa newsletter!

 

No GUIA DE VIAGEM MINAS GERAIS tem mais dicas sobre o estado. Clique aqui e receba em sua casa o único guia turístico do estado, com destinos imperdíveis, roteiros temáticos, dicas de blogueiros, receitas típicas, paradas nas estradas, dicionário de mineirês e mapas de Minas Gerais e da Estrada Real! 

cta_finalpost_passeios_venda
Postagens relacionadas
marden e luana - turismo de minas
Retrospectiva 2017: investimentos e crescimento
azeite em Minas Gerais - credito Marden Couto
Você sabia que em Minas tem produção de azeite? E que dá pra visitar as fazendas?
artesanato mineiro - credito marden couto
4 lugares para você comprar artesanato em Minas 
estrada real - credito Marden Couto
Caminho Novo da Estrada Real: veja em quais cidades parar
nova lima - crédito Marden Couto
Saiba quais são as 10 cidades mineiras com a melhor qualidade de vida
7 Comentários
  • Estive no início de dezembro na Serra da Canastra e fomos visitar a Cachoeira da Casca D’anta e tivemos acesso por São Roque de Minas, fiquei encantada com tudo que vivenciei nesse lugar e posso afirmar que nunca havia estado em um lugar tão mágico e sei que uma parte do meu coração ficou lá.

  • O Projeto Cachoeiras Gigantes (www.facebook.com/cachoeiras.gigantes) está mapeando e medindo as maiores cachoeiras do Brasil. Já encontramos queda d’água gigantescas e que nunca antes haviam sido medidas.

    Ranking atualizado das mais altas quedas d’água do Brasil:
    1 – Cachoeira do El Dorado – 353 m – Barcelos – AM.
    2 – Cachoeira da Fumaça – 340 m – Palmeiras – BA.
    3 – Cachoeira da Boa Vista – 310 m – Cânion da Boa Vista – RS/SC. (#)
    4 – Cascata do Risco Verde – 296 m – São Francisco de Paula – RS. (#)
    5 – Cachoeira Véu de Noiva – 282 m – Cânion Itaimbezinho – RS/SC. (#)
    6 – Cachoeira do Tabuleiro – 273 m – Conceição do Mato Dentro – MG.
    7 – Cachoeirão – ~270 m – Chapada Diamantina – BA.
    8 – Cascata Água Branca – 259 m – Maquiné – RS. (#)
    9 – Cascata Diagonal – 257 m – Cânion da Boa Vista – RS/SC. (#)
    10 – Cachoeira do Tigre Preto – ~250 m – Cânion Fortaleza – RS/SC.
    11 – Cachoeira do Jatobá – 248 m – Vila Bela da Santíssima Trindade – MT.
    12 – Cachoeira Amola Faca – 241 m – Cânion Amola Faca – RS/SC. (#)
    13 – Cachoeira Encantada – 230 m – Itaitê – BA.
    14 – Cachoeira do Cavalo Baio – ~215 m – Baependi – MG.
    15 – Cachoeira da Fumacinha – ~210 m – Ibicoara – BA.
    16 – Cachoeira do Cerradão – 202 m – São Roque de Minas – MG.
    17 – Cachoeira do Desabamento – ~200m – Barcelos – AM.
    18 – Cachoeira da Serrinha – 200 m – Maquiné – RS. (#)
    19 – Cachoeira do Peixe Tolo – ~200 m – Conceição do Mato Dentro – MG.
    20 – Cachoeira do Bananal – ~200 m – Bananal – MG.
    As quedas d’água marcadas com (#) foram medidas pela equipe do Projeto Cachoeiras Gigantes.

  • Gratidão Martem por divulgar as cachoeiras gigantes do Brasil, Minas Gerais e a cachoeira do coração Tabuleiro.
    Sou Samuel guia e proprietário da Pousada da Gameleira.
    Será um grande prazer receber e guiar voces pela cachoeira do Tabuleiro, sitio arqueológico e outras 70 cachoeiras na região, maravilhas do nosso quintal, compartilhando energias e vivencias espirituais, reforçando o encontro da vida na natureza e nossa arvore gameleira com 458 anos.
    Paz luz felicidades.
    Inté namaste!
    Samuel ace

  • para estabelecer “as 7 mais” deviam levar em consideração que o estado é imenso e outras melhores ficaram de fora…sugiro um post com ao menos duas de cada região de Minas (o q ainda é pouco).

  • Cade Ibitipoca ? Diamantina? São Thomé das Letras ? Aiuruoca? Esqueceram ???

  • Podiam ter posto a foto das cachoeiras, heim…

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web