caminho velho da estrada real - credito Marden Couto

Caminho Velho da Estrada Real: descubra quais cidades visitar

Com 710 km de extensão o Caminho Velho da Estrada Real foi a primeira rota feita para levar as pedras preciosas até o mar: começa em Ouro Preto e passa por Tiradentes, São João del-Rei e Caxambu, culminando em Paraty, no estado do Rio de Janeiro. Pode ser cumprida em 15 dias de bicicleta, 48 dias a pé, 8 dias de carro e 24 dias a cavalo.

Ter o passaporte muito carimbado é motivo de orgulho para todo viajante que se preze. E é possível conseguir um passaporte gratuito da Estrada Real e em cada cidade ainda receber um carimbo personalizado. Para solicitar o seu passaporte é necessário acessar o site da Estrada Real, preencher um formulário e doar um quilo de alimento não perecível em um dos postos de apoio. Ao todo são 36 carimbos disponíveis pelos trajetos: Caminho do Diamante, Caminho Velho, Caminho Novo e Caminho do Sabarabaçu. Ao final do trajeto o turista ainda recebe um certificado.

No Caminho Velho, as cidades recomendadas para passear são:

 

Quer ter as melhores experiências em suas viagens por Minas? 

Clique aqui e compre nosso Guia exclusivo!

 

Ouro Preto

É uma linda cidade histórica em meio às montanhas de Minas Gerais, que conta com o maior conjunto homogêneo da arquitetura barroca do Brasil. Passear pela cidade é como viajar no tempo, entre as ladeiras e os casarões do período colonial.
Congonhas

Além de possuir um dos mais importantes acervos arquitetônicos e artísticos do estado, Congonhas também carrega o título de Patrimônio Mundial da Humanidade conferido pela Unesco. O destaque da cidade é o Santuário do Senhor Bom Jesus de Matozinhos, que reúne o maior complexo de arte colonial do Brasil.

Entre Rios de Minas

A cidade é considerada o portão do Circuito da Trilha dos Inconfidentes e conserva belas arquiteturas como a histórica Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas, de influência neogótica. O município fica ainda mais movimentado na época da festa da padroeira.

Lagoa Dourada

Famosa na fabricação e comercialização de rocamboles, Lagoa Dourada é destaque na produção do doce. A tradição perpetua entre as famílias desde 1907 e em todo canto da cidade é possível encontrar o produto. Ótima opção para um pitstop para recarregar as energias e já garantir alguns doces mineiros de lembrança.
Resende Costa

O artesanato local é uma das marcas registradas da cidade e atrai centenas de turistas o ano todo. O visitante pode conhecer um pouquinho dos produtos da cidade durante a exposição ao ar livre que acontece o ano todo. 

São Tiago

A terra do café com biscoito deve a fama ao famoso Festival de Biscoito que atrai turistas de todas as partes do estado, principalmente no mês de setembro quando acontece o festival. A cidade está situada no Campo das Vertentes, cerca de 200km da capital.

Prados / Bichinho

A paisagem é composta por casas antigas, que abrigam ateliês, lojas de artesanato, restaurantes e pousadas. Bichinho é um distrito de Prados e preserva as peculiaridades do interior com um clima pacato de roça, que atrai muitos turistas em busca de sossego e tranquilidade. 

Tiradentes

Um excelente local para visitar em qualquer época do ano, tanto em períodos dos famosos festivais de cinema, gastronomia, fotografia e teatro quanto em um fim de semana para apreciar uma boa culinária mineira e as belezas da arquitetura do período colonial. 

São João del-Rei

Em cada parede, rua ou viela, o turista se depara com a cultura herdada dos colonizadores europeus ou dos escravos africanos. Uma cidade em que a beleza se encontra nos casarões coloniais, nas ruas de pedras e nas igrejas barrocas. Ao visitar o destino, aproveite para fazer o passeio de Maria-Fumaça entre São João del-Rei e Tiradentes. 

Carrancas

Famosa pelo grande número de cachoeiras, Carrancas é uma cidade localizada no sul de Minas Gerais, na Bacia Alto do Rio Grande, que vem ganhando espaço no circuito turístico dos viajantes, principalmente pelos amantes da natureza. As atrações turísticas são inúmeras, entre as serras e cachoeiras, um leque de opções tanto para quem busca aventura, quanto tranquilidade, em um mesmo destino.

São Tomé das Letras

Ao chegar em São Tomé o visitante é rapidamente envolvido por um clima místico e um estilo alternativo. A arquitetura rústica e as construções de pedras sobrepostas também fazem a fama do local. Na cidade é possível encontrar pessoas vestidas com a moda hippie e moradores com histórias que despertam a curiosidade dos turistas.

Cruzília

A origem do nome da cidade deve-se a sua localização próxima a uma encruzilhada, caminho por onde passavam bandeirantes, garimpeiros e tropeiros. O município se destaca pela presença de importantes fazendas centenárias e pela fabricação de queijos finos. 

Baependi

A cidade é famosa pela história de Nhá Chica, que foi beatificada no dia 4 de maio de 2013. Baependi está na rota dos peregrinos que visitam Minas Gerais e está situada bem próxima de Caxambu.

Aiuruoca

A tranquilidade típica do sul de Minas impera em Aiuruoca e o clima bucólico, o ecoturismo e o misticismo atraem diversos turistas. São muitas cachoeiras, poços, mirantes e trilhas. O lugar favorito dos turistas é o Vale do Matutu.
Alagoa

O município atrai visitantes com a lendária receita de queijo parmesão, que é fabricado exclusivamente ali e possui nome homônimo. A cidade fica no alto da Serra da Mantiqueira, a 1,6 mil m de altitude, acessada por ruas estreitas.
Caxambu

Caxambu é uma cidade rica em águas minerais, gasosas e medicinais, que leva o título de maior complexo hidromineral do mundo em variedade de água com propriedades diferentes. O Parque das Águas conta com 12 fontes naturais e estrutura completa para diversão.

São Lourenço

São Lourenço possui grande fama em virtude de suas águas relaxantes e medicinais. Situada no Circuito da Águas, tem opções de pousadas mais simples até verdadeiros complexos de lazer. As propriedades minerais das águas são usadas para trazer alívio e bem-estar aos visitantes.

Pouso Alto

A cidade possui inúmeras cachoeiras e uma extensa área verde que conserva diversidade de fauna e flora. A cidade também tem um intenso calendário de festividades com carnaval antecipado, festividades religiosas, encontro de jipeiros entre outras comemorações.

Itamonte

Apesar de pequena, a cidade abrange dois importantes parques: o Parque Nacional de Itatiaia e o Parque Estadual da Serra do Papagaio. As atrações incluem cachoeiras e picos rochosos de onde a vista faz o esforço da caminhada valer muito a pena.

Maria da Fé

A cidade tem uma grande vocação para o turismo rural e o ecoturismo devido ao ambiente acolhedor da região e das belas fazendas, à ótima gastronomia, às cachoeiras e matas. Além disso, a cidade é uma das maiores produtoras de azeite de oliva no estado.

Itanhandu

Situada em um vale na Serra da Mantiqueira, a cidade de Itanhandu é cercada por belas quedas d’águas, poços e trilhas de natureza encantadora. Outro atrativo da região é o artesanato de diferentes tipos como bordados, artigos em palha de milho e tapeçarias, além de peças em bambu, patchwork e fuxico. 

Passa Quatro

Na cidade é possível desfrutar de um delicioso passeio a bordo de uma locomotiva datada de 1925 até a cidade de Coronel Fulgêncio. A música e as fotografias antigas ambientam o passeio de 10 km e animam os turistas para a viagem. Uma curiosidade sobre o município é que foi utilizada como locação para a minissérie Mad Maria.

Guaratinguetá

O Caminho Velho se estende além de Minas, chegando também a São Paulo. Guaratinguetá na região do Vale do Paraíba, é um município onde também é possível encontrar o marco da Estrada Real. Terra natal do primeiro santo católico brasileiro, Frei Galvão. Na cidade é possível encontrar Igrejas, mosteiros e capelas datadas do século XVI. Por sua localização entre as serras do Mar e da Mantiqueira, a cidade também atrai os interessados no turismo ecológico.

Aparecida

A cidade além de situar o famoso Santuário Nacional de Aparecida também é um dos pontos do Caminho Velho da Estrada Real. O Santuário recebe, em média, 12 milhões de visitantes por ano.

Cunha

Localizada na Serra do Mar, entre Paraty e o Vale do Paraíba. Cunha é repleta de Cachoeiras, belas paisagens e trilhas pela Mata Atlântica. Destaques para a culinária valorizando os produtos locais como a truta, o pinhão, o cordeiro e o shitake, além de charmosas pousadas para uma confortável estadia.
Paraty

O último ponto do Caminho Velho é a cidade de Paraty no Rio de Janeiro. No município ficava o principal porto exportador de ouro do Brasil, no período colonial. 

 

Este roteiro pode ser feito nos dois sentidos, Minas Gerais – Rio de Janeiro ou vice-versa. Dos 710 km do trecho, 320 são de subida e descida e se por acaso tiver a intenção de fazer o percurso a pé, a saída por Minas exige menos esforço físico do que o caminho inverso.

 

Você tem vontade de fazer o Caminho Velho da Estrada Real? Conta pra gente nos comentários!

cta_finalpost_passeios_venda
Postagens relacionadas
chafariz do kaquende - credito Marden Couto
9 chafarizes mineiros para você matar a sede
mercados - credito Marden Couto
Os 10 melhores mercados de Minas Gerais
spa - toscanini - credito Marden Couto
10 hotéis-spas para você relaxar em Minas Gerais
estatuas - credito Turismo de Minas
7 estátuas em Minas Gerais para você tirar fotos
são gonçalo do rio das pedras - credito Marden Couto
6 curiosidades sobre o povo mineiro
6 Comentários

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web