Extrema _ MG, 15 de Julho de 2008

Imagens para campanha de divulgacao do turismo em Minas, realizada pela Setur para o Governo de Minas.

Locacao: Rafting no Rio Paraguacu - Extrema. 

Producao Executiva: Marcelo Alvin
Producao de Arte: Mariana Barbosa
 
Agencia TOM COMUNICACAO
Direcao de Arte: Pedro Sales

Foto: BRUNO MAGALHAES / AGENCIA NITRO
Assistente: JOSE NEVES

Extrema é adrenalina pura!

Como o nome já sugere Extrema fica no extremo sul de Minas Gerais, na divisa do estado com São Paulo, a 475 km de BH. A cidade se destaca nos segmentos de ecoturismo, turismo rural, religioso e de aventura. Dividida em cinco rotas turísticas: Rosas, Sol, Ventos, Águas e Pedras, Extrema atrai turistas de todo o país. 

 

ASSISTA AO VÍDEO QUE GRAVAMOS NA CIDADE

 

Veja quais são os principais atrativos de Extrema:

 

Rota das Rosas

Na Rota das Rosas a Igreja da Matriz ou Santuário de Santa Rita e a Praça Presidente Vargas marcam o ponto zero da cidade. Na praça, encontra-se o Centro de Informações Turísticas. O turista é convidado a conhecer também os Parques Municipais da Cachoeira do Jaguari e de Eventos, a Feira do Produtor Rural e de Artesanato e o Mirante da Caixa d’Água. 

 

Rota do Sol

Na Rota do Sol o visitante encontra paisagens deslumbrantes dos vales dos Rios Camanducaia e Jaguari, das Serras do Lopo, de Itapeva e das Anhumas. Esta Rota é procurada pelas cachoeiras apropriadas para banho como a Prainha do Juncal e também para aventureiros que apreciam as trilhas de jipe, bike e moto.  

 

Rota dos Ventos

A Rota dos Ventos é caracterizada pelas paisagens da Serra do Lopo e da Floresta Atlântica. O visitante pode conhecer atrativos como as Pedras das Flores e Cume, as trincheiras da Revolução de 1932, a Trilha do Pinheirinho, o Parque Ecológico Pico dos Cabritos e a Reserva Florestal do Sauá. Os praticantes de rapel e de voo livre também encontram nesta área condições propícias à prática destas atividades.

 

Rota das Águas

O território da Rota das Águas é marcado pelo Vale do Rio Jaguari, onde o turista pode visitar empreendimentos rurais que propiciam a degustação de produtos locais. Alguns dos atrativos naturais desta Rota são o Parque Municipal Cachoeira do Jaguari, o Pico do Lobo Guará e a Prainha. A prática do rafting no Rio Jaguari e da canoagem na Cachoeira do Salto Grande, são outras opções.  

 

Rota das Pedras

Na Rota das Pedras está o vale do Rio Jaguari após o encontro com o Rio Camanducaia. Do alto da Serra das Anhumas, avista-se uma das mais belas paisagens de todo o município. Aqueles que buscam desenvolvimento pessoal e espiritual encontram nesta Rota lugares convidativos para a prática de atividades espirituais como as oferecidas por um retiro budista e pela capela rural em louvor a Nossa Senhora da Imaculada Conceição. 

 

Onde comer:

Não deixe Extrema sem conhecer as delicias do Armazém Bertolotti. O restaurante tem mesas de madeira e toalhas de florzinha na decoração. No cardápio um torremos de dar água na boca e um pudim de leite condensado, eleito o melhor do mundo num concurso na França. Imperdível!

 

Que tal programar uma viagem para Extrema? Convide seus amigos e pé na estrada!

 

Extrema - credito setur extrema

cta_finalpost_passeios_venda
Postagens relacionadas
São Lourenço
Caxambu
Caxambu
monte verde - credito Marden Couto
Monte Verde: a vila mais charmosa de Minas Gerais 
são roque de minas - crédito Marden Couto
São Roque de Minas: o que fazer na terra do queijo canastra
parque estadual do ibitipoca - credito Marden Couto
Ibitipoca: veja os atrativos imperdíveis

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web