queijo canastra - crédito Marden Couto

O que fazer em São Roque de Minas: a terra do queijo canastra

São Roque de Minas faz parte do circuito turístico da canastra, região conhecida devido ao Parque Nacional da Serra da Canastra e a fabricação do famoso queijo, que ganhou o Brasil.

A paisagem alterna campos rupestres com delicadas flores, cerrado típico e vegetação de mata atlântica. A cidade mantém um clima rural e as tradições da cultura local, como a arquitetura do século XIX, os muros de pedra e a produção do queijo canastra. O ecoturismo é um chamariz para os visitantes, que se divertem entre as trilhas e as cachoeiras.

Separamos um roteiro para você conhecer um pouco melhor a cidade, com dicas sobre o parque e a visitação às fazendas produtoras de queijo. Confira!

 

Quer ter as melhores experiências em suas viagens por Minas? 

Clique aqui e compre nosso Guia exclusivo!

 

 parque nacional da serra da canastra - crédito Marden Couto

 

Parque Nacional da Serra da Canastra

Criado em 1972, o Parque Nacional da Serra da Canastra tem a portaria principal localizada a 6,5 km de São Roque de Minas. Você pode entrar de carro e conhecer os principais atrativos, que são a nascente do Rio São Francisco e a parte alta da Casca d’Anta, cachoeira que atinge 186 metros de queda livre.

nascente do rio são francisco - crédito Marden Couto

Imagem de São Francisco na nascente do rio

casca d'anta - crédito Marden Couto

Parte alta da cachoeira Casca D’Anta

Já a parte baixa da Casca D’Anta é acessada pela cidade de Vargem Bonita, na portaria 4 do parque, a 51 km de São Roque de Minas. Na cidadezinha diversas lojas de artesanato chamam a atenção dos turistas. Chegando ao parque, uma trilha de 1 km leva até o poço da cachoeira.

casca d'anta - crédito Marden Couto

Parte baixa da cachoeira Casca D’Anta

serra da canastra - crédito Marden Couto

Vista da Serra da Canastra no caminho para a parte baixa do parque

No parque vivem espécies de animais ameaçados de extinção, como o tamanduá-bandeira, o lobo-guará, o tatu-canastra e o veado campeiro. Para aproveitar melhor o passeio, a dica é separar um dia de visita para conhecer a parte alta e outro dia para conhecer a parte baixa.

lobo guará crédito Marden Couto

Lobo Guará na parte alta do parque

Atenção: o acesso ao parque e demais atrações é realizado por estrada de terra. Em períodos chuvosos, as condições de tráfego podem ser precárias, sendo necessário muito cuidado.

parque nacional da serra da canastra - crédito Marden Couto

Lindo entardecer na parte alta do Parque Nacional da Serra da Canastra

 

Queijo Canastra

O famoso queijo canastra é um dos destaques da região. São Roque de Minas concentra o maior número de produtores do estado, que abrem suas fazendas para receber os visitantes.

A fabricação do queijo movimenta tanto a economia, que os produtores criaram a Associação dos Produtores de Queijo Canastra (Aprocan) para divulgarem o trabalho desempenhado pela organização. O queijo produzido na Serra da Canastra, foi um dos primeiros produtos a conseguir o Selo de Origem no Brasil.

A iguaria é um dos mais legítimos representantes da gastronomia mineira, tombada como Patrimônio Cultural Imaterial e certificada pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). A marca Queijo Canastra só pode ser utilizada nos sete municípios que compõem a região: Bambuí, Delfinópolis, Medeiros, Piumhi, São Roque de Minas, Vargem Bonita e Tapiraí.

queijo canastra - crédito Marden Couto

Uma das etapas do processo de produção do queijo canastra

Estância Capim Canastra

A Estância Capim Canastra fica a 3,5 Km do centro da cidade. O produtor Guilherme Ferreira carrega no histórico da família a paixão pela produção artesanal de queijos. O queijo dele ganhou até a medalha de prata no Mondial du Fromage, na França, em 2015.

Fazenda São Bento

O acesso até a Fazenda São Bento se dá pela estrada da Cachoeira do Cerradão. Os habitantes da cidade conhecem o proprietário e produtor da fazenda, o Sr. Zé Mário, então é fácil pedir informação para chegar até o destino. O produtor já foi condecorado algumas vezes com o prêmio de melhor queijo artesanal de Minas Gerais.

Fazenda Agroserra

A fazenda produtora de queijo canastra mais próxima do parque nacional e da cidade. O responsável pela produção da iguaria é João Carlos. Durante a visita os turistas podem degustar e entender como é produzido o verdadeiro queijo canastra. A Fazenda Agroserra une tradição e modernidade num lugar de fácil acesso, com vista panorâmica da Serra da Canastra e uma estrutura adaptada ao turismo.

Fazenda Capão Grande

Situada ao pé da serra, a 3,5 km de São Roque de Minas, a fazenda possui uma nova sede, mas mantém os traços da antiga casa em estilo rústico. Os produtores são o casal Carlos Henrique e Solange, que recebem os turistas para mostrar todo o processo de produção do queijo e experimentar a iguaria.

fazenda capão canastra - crédito Marden Couto

Carlos, Solange e Gustavo: família unida na produção do queijo canastra

 

Hospedagem

A dica para relaxar e ter uma estadia confortável em São Roque de Minas é se hospedar no Hotel Chapadão da Canastra. O empreendimento mistura clima rural e urbano em um ambiente muito aconchegante. O hotel está localizado à margem do Rio do Peixe, em uma área que é possível encontrar pequenos animais silvestres e diversas espécies de pássaros. Excelente opção para descansar mais perto da natureza.

 

Gostou das nossas dicas sobre São Roque de Minas? Aproveite para visitar a cidade e provar o original queijo canastra!  

cta_finalpost_passeios_venda
Postagens relacionadas
Ouro Preto
Ouro Preto
juruaia - credito Marden Couto
Juruaia, onde fica a capital da lingerie?
gonçalves - credito Marden Couto
Gonçalves: onde a roça é hipster
são joão del-rei - credito Marden Couto
São João del-Rei: a mais surpreendente das cidades históricas
tiradentes - credito Marden Couto
Tiradentes: a mais cenográfica das cidades históricas
8 Comentários

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web