mercados - credito Marden Couto

Os 10 melhores mercados de Minas Gerais

Os mercados municipais sempre reservam grandes experiências para a população e também para os turistas. Normalmente são espaços tradicionais, que oferecem o que há de melhor na região em diversos quesitos como comida típica, artesanato local e boas histórias.

Em Minas Gerais temos várias cidades que possuem um mercado central interessante e que são excelentes opções de passeios para experimentar as delícias como os pratos e petiscos tradicionais.

Confira a seleção de mercados que indicamos para você conhecer no estado!

 

Belo Horizonte
Mercado Central

O Mercado Central da capital mineira, inaugurado em 1929, é um dos tradicionais pontos turísticos da cidade e recebe milhares de visitantes por mês. No local é possível encontrar temperos, aromas e sabores marcantes da culinária mineira. Com mais de 80 anos de história e 400 lojas, o mercado também é ponto de encontro dos belo-horizontinos. Para não se perder na imensidão de produtos, o mercado tem visitas guiadas que podem ser agendadas. 

Av. Augusto de Lima, 744 – Centro

Mercado Distrital do Cruzeiro

Foi criado em 1974 com o objetivo de conduzir os feirantes das ruas para um espaço seguro e destinado a comercialização dos seus produtos. É um ponto tradicional da capital mineira e estima-se que passem pelo mercado cerca de 20 mil pessoas por semana.

R. Ouro Fino, 452 – Cruzeiro, Belo Horizonte

Feira dos Produtores

Uma grande feira com diversas opções, desde hortaliças, frutas e carnes até tecidos. A feira surgiu da união dos produtores de hortifrutis, em 1950, no bairro Lagoinha. Anos depois, em 1981, a Prefeitura de Belo Horizonte cedeu um novo espaço em troca da região da Lagoinha para a construção da estação de metrô e o novo endereço da feira passou a ser na Cristiano Machado, no bairro Cidade Nova.

Av. Cristiano Machado, 1.950 – Cidade Nova

 

Mercado Municipal de Diamantina

O antigo rancho dos tropeiros, de 1835, foi restaurado em 1997 e desde então abriga o Mercado Municipal. Localizado no centro da cidade é ponto turístico imperdível. Além de encontrar iguarias para alimentação e artesanato, o mercado também abriga um centro cultural. E na sexta após às 18h, tem música ao vivo para embalar a noite. Vale a visita!

Praça. Br. do Guaicuí, 171 – Centro Histórico

 

Mercado Municipal de Juiz de Fora

Primeiro mercado público da cidade, o Mercado Municipal de Juiz de Fora foi inaugurado em 31 de dezembro de 1904. Funcionava inicialmente na Avenida dos Andradas, em um prédio construído especialmente para este fim. Em 1987, o mercado foi transferido para o Espaço Mascarenhas. No local é possível encontrar temperos variados, doces caseiros, artesanatos além de frutas, legumes, verduras, carnes, peixes, embutidos, cachaças entre outros itens bem mineiros.

Avenida Getúlio Vargas, 188 – Centro

 

Mercado Central de Montes Claros

O primeiro mercado foi inaugurado em setembro de 1899, já o atual prédio do mercado municipal é datado de 1992. O local reúne de tudo um pouco, com destaque para os produtos típicos do norte de Minas, carne de sol e pequi. É um ponto de encontro dos amigos para prosear e apreciar alguns petiscos. Os temperos variados também conquistam os fregueses e os turistas.

Rua Mal. Deodoro, 1.460 – Centro

 

Mercado Municipal de Poços de Caldas

O atual prédio do mercado, construído em 1969, não foi a sua primeira sede na cidade. Em Poços de Caldas o primeiro mercado é de 1890 e ficava na esquina da Av. Francisco Salles com a Assis Figueiredo. Na década de 60 o mercado foi transferido para o local atual, na região central, com o intuito de melhorar o acesso das pessoas. São 193 boxes internos e 54 externos, que compõem o complexo do Mercado Municipal da Poços de Caldas, onde o cliente encontra produtos típicos, frutas e legumes, além de artesanato local. 

Rua Pernambuco, s/n – Centro

 

Mercado Municipal de Teófilo Otoni

Situado na região central da cidade, ocupa um quarteirão inteiro entre a Rua Epaminondas Otoni e a Avenida Getúlio Vargas. O espaço é ponto de encontro e destino certo dos turistas. A variedade de produtos atrai inúmeros consumidores, são itens de hortifrútis, carnes, queijos e temperos, além dos artesanatos que expressam a cultura local. 

Rua Teodorico Tourinho, 349 – Centro

 

Mercado Municipal de Uberaba

A primeira sede do mercado de Uberaba foi construída em 1882, mas anos depois foi demolida. Depois de permanecer provisoriamente em outro endereço, em agosto de 1924, foi inaugurada a sede definitiva. Desde então o espaço já passou por algumas reformas para remodelações e ampliação, além de construção de banheiros e mezanino para melhor atender os clientes.

Praça Manoel Terra, 255 – Centro

 

Mercado Municipal de Uberlândia

A construção é de 1944 com traços da arquitetura moderna para a época. Funcionou como centro atacadista até 1977, depois o comércio foi transferido para a Ceasa. O mercado é famoso pela comercialização dos produtos caseiros como doces, queijos regionais, mel e alimentos naturais, além dos hortifrútis. Lá também é possível encontrar carnes variadas, peixes e frutos do mar. 

Rua Olegário Maciel, 255 – Centro

 

Você já visitou algum destes mercados? Conta pra gente o que você mais gosta de fazer nos mercados!

cta_finalpost_passeios_venda
Postagens relacionadas
nhá chica - crédito Marden Couto
7 cidades mineiras que estão na rota da peregrinação
compras em minas gerais, crédito Marden Couto
7 destinos de compras em Minas Gerais
expedição turismo de minas
Vídeos Expedição Turismo de Minas: assista os melhores momentos da viagem
viajar sozinho - credito Marden Couto
Vantagens e desvantagens de viajar sozinho
mineiros que largaram tudo para viajar pelo mundo
Mineiros que largaram tudo para viajar pelo mundo

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web